.

Após confusão em nomeações, Alagoas ganha 62 novos policiais civis

Divulgação

Polícia Civil realizou na manhã desta sexta-feira (26), na Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal), a solenidade de formatura de 62 novos agentes policiais. Eles já começam a atuar na próxima semana.

Essa turma faz parte da última convocação do concurso da Polícia Civil, de 2012. A primeira lista saiu no final de dezembro, com 92 nomes. No início de janeiro, uma nova relação foi publicada, mas com apenas 61 relacionados.

Parte dos candidatos que ficaram de fora da nova convocação entrou na Justiça e conseguiu o direito de fazer o curso de formação. 71 participaram, mas só 62 foram nomeados.

O delegado-geral da Polícia Civil de Alagoas, Paulo Cerqueira, disse que não há como fazer novas convocações. "Alguns candidatos fizeram o curso por decisão judicial. Nós respeitamos. E agora vão ficar à disposição do poder judiciário e do governador. O concurso se encerrou no dia 24, então não há mais como chamar novos candidatos".

Paulo Cerqueira também falou da importância dos novos policiais para o combate à criminalidade. "Esses 62 policiais civis vêm, sem dúvida alguma, contribuir para um combate ainda maior ao crime. Seja nesse processo de investigação, de viaturas, de rondas. A Polícia Civil tem um efetivo pequeno e esses novos policiais vão contribuir muito para o trabaho da polícia judiciária".

O secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior também destacou as nomeações como grande conquista da Polícia Civil. "São 62 novos policiais civis, que irão reforçar os Cisps [Centros Integrados de Segurança Pública], as áreas estratégicas da polícia civil, de acordo com a distribuição do delegado Paulo Cerqueira".

O orador da turma, Antônio Helder, 33, falou sobre a importância da formatura, depois de tanto tempo de espera. "É a realização de um sonho. Foi uma luta travada. Longa espera, um curso muito intenso. E agora estamos prontos para servir a sociedade de Alagoas. Para isso fomos preparados".

O formando Francisco Júnior fez o curso pela segunda vez. Em 2013, ele conseguiu na Justiça o direito de passar pela capacitação. Mas a liminar foi suspensa e ele não chegou a ser nomeado. Dessa vez, foi convocado e recebeu a nomeação.

"É o final de uma angústia, de 4 anos de espera. A carreira pública exige investimento, dedicação. Quando se consegue passar no concurso, espera-se que seja rápido. Não foi o caso. Demorou, mas está se concretizando. Espero agora poder contribuir com a sociedade, na função policial, que vem crescendo aqui em Alagoas. Espero poder contribuir pra melhoria da sociedade e também que tenha um retorno pessoal".

G1

Após confusão em nomeações, Alagoas ganha 62 novos policiais civis Após confusão em nomeações, Alagoas ganha 62 novos policiais civis Reviewed by Noticias Online on 26 janeiro Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.