.

Hospital Hélvio Auto, em Maceió, aguarda chegada de novos medicamentos para normalizar atendimento

Divulgação

Hospital Escola Dr. Helvio Auto (HEHA) espera receber até sexta-feira (2) os materiais e medicamentos que estão em falta na unidade de saúde.

Só depois disso, é que os atendimentos a novos pacientes devem ser retomados. Eles foram suspensos na última quinta (25), pela falta de estoque no hospital.

Algumas medicações chegaram na sexta (26), mas, segundo o hospital, isso foi suficiente apenas para garantir atendimento aos pacientes que já estavam internados.

O reitor da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), gestora do hospital, disse nesta segunda (29) que a instituição está aguardando insumos vindos de Minas Gerais e da Paraíba.

"Na terça (30) chegaria um carregamento de antibióticos e antivirais vindos de Belo Horizonte (MG), mas a empresa teve problemas e deve chegar na quinta ou sexta. Estamos concluindo também o pagamento a uma empresa de medicamentos da Paraíba. Se eles não conseguirem entregar até o fim da semana, nós mesmos iremos buscar", explica o reitor Henrique de Oliveira Costa.

Ainda segundo ele, a universidade vem entrando em contato com fornecedores que venceram o processo licitatótio, para que antecipem as entregas.

"Nosso grande problema é que assumimos com vários problemas 'meio crônicos', como falta de crédito, dívidas, fornecedores em recesso, sistema financeiro fechado quando assumimos e falta de orçamento. O Estado liberou verba agora, e estamos resolvendo os problemas aos poucos", afirma o reitor.

Nos próximos dias, ainda serão comprados outros itens, como eletrodos para a realização de exames. "Vamos fazer a compra com custeio nosso, para não aguardar os recursos do estado. É um valor pequeno", conclui o reitor.

O Hélvio Auto é referência no tratamento de doenças tropicais, mas estão em falta principalmente materiais necessários à realização de exames e medicamentos como antibióticos.

Com exames limitados, não é possível direcionar o tratamento adequado para cada doença, por isso a suspensão de novos pacientes, segundo o hospital.

Somente na urgência são atendidos, em média, 70 pessoas por dia. Na última semana, havia a informação de que a suspensão era apenas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas o hospital informou nesta manhã que a suspensão é para qualquer novo paciente.

Ate que a situação neja normalizada, os pacientes que não puderem ser atendidos no Hélvio Auto serão encaminhados para o Hospital Geral do Estado (HGE), também em Maceió.

Ainda nesta segunda, a Defensoria Pública do Estado se reuniu com a direção da Uncisal para discutir a suspensão dos atendimentos e a falta de insumos.

G1
Hospital Hélvio Auto, em Maceió, aguarda chegada de novos medicamentos para normalizar atendimento Hospital Hélvio Auto, em Maceió, aguarda chegada de novos medicamentos para normalizar atendimento Reviewed by Noticias Online on 29 janeiro Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.