.

Militar suspeito de matar a mulher tem prisão preventiva decretada

Divulgação

O cabo PM Ivan Augusto, suspeito de matar a esposa dentro de casa, no bairro São Jorge, em Maceió, prestou depoimento, na manhã desta sexta-feira (26), ao delegado Robervaldo Davino, titular do 6º Distrito Policial. O militar teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e já foi transferido do Quartel Geral da PM, onde se apresentou três dias após o crime, para o sistema prisional.
Em entrevista, o delegado informou que o militar confessa, em partes, o assassinato. "Independentemente de ele confessar ou não o crime, pelos elementos já contidos nos autos, está totalmente caracterizado que ele atirou na esposa. Não podemos precisar a quantidade de tiros porque ainda não recebemos o laudo, mas eu mesmo recolhi, juntamente com minha equipe, quatro projéteis deflagrados no local do feminicídio", revelou o delegado, acrescentando também ter apreendido duas armas (pistolas .40 e 380) que estavam de posse do policial, ambas registradas.
As armas já foram encaminhadas para a perícia, pois, a Polícia Civil quer saber se alguma delas foi utilizada recentemente, permitindo, assim, a comparação balística.
Expedita da Silva, de 37 anos, foi baleada na sexta-feira (19) e socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Geral do Estado (HGE), onde passou por procedimento cirúrgico e seguiu internada, em estado grave, até a terça-feira (23), quando veio a óbito. O sepultamento ocorreu no dia seguinte. A vítima deixou duas filhas, sendo uma menor de idade, que, segundo familiares, presenciou o assassinato.
Gazeta Web
Militar suspeito de matar a mulher tem prisão preventiva decretada Militar suspeito de matar a mulher tem prisão preventiva decretada Reviewed by Noticias Online on 26 janeiro Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.