.

Usina do Grupo Carlos Lyra fecha as portas e demite funcionários em Maceió

Divulgação

Quase todos os funcionários da Usina Cachoeira do Meirim, em Maceió, pertencente ao Grupo Carlos Lyra, foram demitidos nesta quarta-feira (31). O motivo foi o fechamento da indústria.

A assessoria de comunicação do Grupo Carlos Lyra confirmou o fechamento da usina, e informou que essa medida foi motivada pela queda da produtividade agrícola das últimas safras, provocada pela forte estiagem em toda a região Nordeste.

A empresa informou ainda que não vai medir esforços para retomar as atividades, e a geração de empregos e renda. A assessoria não soube informar quantos funcionários foram dispensados.

Um dos funcionários demitidos foi o auxiliar administrativo Valdeir Bezerra, 27. Ele estava na empresa há seis anos, e ficou sabendo da dispensa junto aos outros funcionários, quando chegavam para trabalhar.

Avisaram hoje de manhã. Botaram quase todo mundo para fora, pessoas da indústria, administrativo, motoristas. Em janeiro já tinham demitido uma parte”, explica Bezerra.

Ele também lamentou a demissão. “A gente já esperava isso, então, fazer o que? Agora é procurar um novo emprego. É o jeito”.

Um outro funcionário ouvido pela reportagem, que pediu para não ser identificado, disse que logo após o anúncio da demissão, cerca de seis ônibus com capacidade para 70 pessoas, todos lotados, levaram os trabalhadores de volta para casa.

Os dois funcionários informaram que os poucos funcionários que ainda permanecem vão ser realocados para uma outra empresa do grupo, que explora eucalipto. A assessoria do Grupo Carlos Lyra, no entanto, não confirma essa informação.

G1
Usina do Grupo Carlos Lyra fecha as portas e demite funcionários em Maceió Usina do Grupo Carlos Lyra fecha as portas e demite funcionários em Maceió Reviewed by Noticias Online on 31 janeiro Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.