.

Número de jovens em Alagoas que não estudam e nem trabalham foi o maior do país em 2018

Estado teve o maior percentual de jovens de 15 a 29 anos sem estudar e nem trabalhar no ano passado.




Em 2018, 37,2% dos jovens de 15 a 29 anos em Alagoas não estudavam e nem trabalhavam. A taxa de Alagoas foi a maior do país. Desde 2016, Alagoas aparece como o estado brasileiro com o maior número de jovens nesta faixa etária que nem estudam e nem estão ocupados, os chamados nem-nem. Os dados são da Síntese dos Indicadores Sociais (SIS) 2019 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que analisa as condições de vida da população brasileira.

A segunda maior taxa de jovens nem-nem do país no ano de 2018 foi a do Maranhão, 32,9%, e a terceira foi de Pernambuco, 29,9%.

De acordo com o IBGE, nos últimos três anos, a taxa de jovens de 15 a 29 anos que não estudam e nem trabalham aumentou em Alagoas, passou de 31,2% para 37,2%.

Os dados do IBGE revelaram que, desde 2012, a desocupação tem afetado mais mulheres e jovens de 14 a 29 anos em Alagoas.

AL como líder na taxa de formalização

O levantamento do IBGE mostrou que Alagoas registrou a maior taxa do Nordeste em relação à ocupação formal. A taxa foi de 51%, o que fez o estado ocupar o primeiro lugar no Nordeste e o 13º no Brasil. O segundo colocado foi Pernambuco, com taxa de 48,4%.
Número de jovens em Alagoas que não estudam e nem trabalham foi o maior do país em 2018 Número de jovens em Alagoas que não estudam e nem trabalham foi o maior do país em 2018 Reviewed by Noticias Online on 09 novembro Rating: 5
Tecnologia do Blogger.